Notícias

Após 8 anos, Campo Mourão registra um óbito por dengue

Uma mulher de 84 anos, moradora do Jardim Copacabana, morreu vítima de dengue hemorrágica. O óbito ocorreu no dia 4 de maio, mas o resultado para dengue foi confirmado oficialmente pelo Laboratório Central do Estado neste fim de semana. O município não registrava morte pela doença desde 2013, quando houve cinco mortes.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, Campo Mourão está com 36 casos positivos e 45 aguardando resultados. Foram notificados 262 casos, dos quais 181 deram negativo. “A população não pode descuidar. Não é só o Coronavírus que mata. É preciso cuidar dos quintais e não deixar água parada”, reforça o secretário municipal de Saúde, Sérgio Henrique dos Santos.

Ele lembra que o município mantém o trabalho de campo dos agentes de endemias diariamente, obedecendo os cuidados e protocolos em relação a pandemia. O Departamento de Epidemiologia também monitora a situação da cidade com o levantamento de índices e ações de bloqueio onde são encontrados focos do mosquito transmissor.

A partir da próxima quinta-feira (27) serão realizadas caminhadas ecológicas nas áreas públicas e fundos de vale, especialmente nos bairros com índices mais altos de infestação.

Da Assessoria/PMCM

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo