NotíciasVídeos

TRE-PR publica vídeo em rede social satirizando quem defende voto impresso

Publicação já tem mais de 32 mil curtidas

Em meio ao debate sobre o voto impresso, o Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) movimentou as redes sociais, no fim de semana, ao publicar uma sátira relacionando o voto impresso ao passado em um aplicativo de mídia para criar e compartilhar vídeos curtos.

“Quando a pessoa fala de voto impresso em pleno século XXI”, diz o texto do vídeo em que aparece uma pessoa em um cenário com castelo medieval. A publicação, que carrega a legenda “A urna eletrônica é 100% segura”, já tem mais de 32 mil curtidas. O TRE-PR estreou no TikTok em outubro de 2020 e já tem quase 24 mil seguidores.

@tre_pr

A urna eletrônica é 100% segura 🔒

♬ Moves Like Jagger by Stantough on YouTube – Mike Alfaro

Na última sexta-feira, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou uma campanha comemorativa dos 25 anos da urna eletrônica, cujo enfoque é justamente reforçar a credibilidade do processo eleitoral brasileiro.

A campanha, apresentada pelo presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, explica todos os passos da segurança do sistema.

O presidente Jair Bolsonaro tem reiterado críticas à votação em urnas eletrônicas, considerada por especialistas o método mais seguro. Segundo ele, o voto impresso ajudaria a coibir fraudes. Sem apresentar provas, já afirmou que o pleito que o elegeu teria sido fraudado e ele, eleito em primeiro turno.

Da Agência O Globo

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. O TRE-PR deveria baixar a bolinha e deixar de lado político o lado técnico desse tema. Antes de tudo essa não é uma questão de Bolsonaro, mas um problema que sempre existiu e TSE sempre fez questão em ignorar. Em pouquíssimos testes e muito limitados (tempo curto de apenas alguns minutos e o que poderia ser testado nas urnas eletrônicas) foram constatados diversos problemas de segurança por pesquisadores da UNICAMP em anos diferentes, inclusive eles sempre recomendaram a impressão do voto, isso muito antes do Bolsonaro. E outra, o TRE-PR tirar sarro de um tema desse quando as eleições municipais foram um caos pelo lado técnico eles passaram apurado por causa disso, sistemas que não funcionaram direito, invasão hacker no TSE… Aí vem o responsável pelas mídias sociais com sarcasmo. Pra quem teve o mínimo de conhecimento de como se desenrolou as eleições passada por questões técnicas de coisas mal feitas, se sente um palhaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo