Notícias

Cartilha da Acicam orienta sobre segurança no comércio

   A Associação Comercial e Industrial de Campo Mourão (Acicam) iniciou nesta semana a distribuição de cartilha aos empresários locais com orientações sobre segurança no comércio. Confeccionada pela entidade empresarial, a cartilha foi elaborada pelo 11º Batalhão de Polícia Militar.

   Já na abertura da publicação é destacado que o espaço urbano e as construções nas cidades brasileiras – sejam públicas ou privadas – geralmente apresentam características que por vezes facilitam ou induzem à prática de delitos.

Quem não previne o crime, colabora com ele!”, acentua a cartilha. O material lembra também que no crime de furto o autor age sempre buscando facilidades para consumar o ato. “Logo, se o seu estabelecimento está mais protegido, as chances de ele ser alvo caem consideravelmente”, explica a publicação.

Orientações

   Uma das dicas dadas aos empresários é que a fachada dos estabelecimentos comerciais deve ser bem iluminada. Também ressalta que quanto maior a visibilidade, maior é a segurança. “Locais com visibilidade obstruída ou acúmulo de mercadorias, de propaganda facilitam a ação criminosa. Fachada que permitem boa visibilidade de quem está na rua para o interior são menos visadas”, esclarece a cartilha.

   Sobre as portas de vidro esclarece que são esteticamente mais bonitas, mas que alguns cuidados devem ser tomados, já que não oferecem a segurança que se espera. Em empresas com mais de um andar, os mesmos dispositivos de segurança devem estar instalados em todos os pavimentos.

Outra dica: Uma segunda proteção, sem que a fachada perca o charme, ou seja, uma grade de ferro resistente e que ofereça um grau de proteção ao ambiente, aumenta a segurança.

   A instalação de câmeras de segurança, alarmes, sensores e portas reforçadas são medidas consideradas fundamentais para evitar que o estabelecimento seja alvo fácil dos bandidos.

   A cartilha orienta ainda sobre a necessidade do sistema de alarme estar em bom estado de funcionamento, a colocação de câmeras de segurança em pontos estratégicos e a importância da utilização de equipamentos de boa qualidade para possibilitar a identificação das pessoas envolvidas em eventual ação criminosa. Um capítulo é dedicado ao Vizinhança Solidária. É dada ainda ênfase a importância de, em caso da ação de marginais, comunicar o mais breve possível a Polícia Militar (telefone 190) e de se registrar a ocorrência.

Da Assessoria

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo