Notícias

Mulher usa aplicativo de lanche para denunciar abuso sexual: “Fui violentada”

A mulher pediu ajuda a uma lanchonete. O suspeito do abuso sexual é o pai da filha da vítima, que foi preso

Uma mulher enviou um pedido de socorro durante o pedido de lanche em uma lanchonete no bairro Boa Vista, em Curitiba, na noite de segunda-feira (8). Ela alegou que estava sendo abusada sexualmente por um homem e pediu por ajuda.

O pedido do lanche foi feito por aplicativo. No espaço onde os clientes costumam pedir alterações no lanche, a mulher fez um apelo desesperado. “Me ajuda. Mande a polícia para esse endereço. Fui estuprada e violentada, me ajuda. Tenho uma filha e corremos risco com esse homem”, dizia no bilhete.

De acordo com a Polícia Militar, a vítima é de Santa Catarina e veio a Curitiba para que a filha passasse as férias com o pai. Conforme a PM, ele tentou reatar a relação com a mulher e a abusou sexualmente.

“Segundo a vítima, não é a primeira vez que ele fazia isso. Ela tinha medo de ligar para polícia, pois ele a ameaçava. Além disso, falou que tinha medo pela filha deles caso chamasse as autoridades”, disse o tenente Lucas Martins.

Os policiais encontraram a vítima com marcas de violência e com o corpo cheio de hematomas. O suspeito foi preso e a mulher encaminhada para o hospital.

RIC Mais

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios