Notícias

Prefeitura de C. Mourão divulga nota rebatendo informações de petição online

A divulgação, extraoficial, diga-se, de um eventual fechamento de serviços do Hospital Santa Casa de Campo Mourão continua rendendo conversas e algumas delas iniciadas por quem não sabe as verdades dos fatos ou por quem tem apenas interesses políticos.

Nesta quarta-feira, dia 22, a administração municipal de Campo Mourão divulgou nota para rebater informações erradas em uma petição online que está no ar nesta data.

Confira abaixo o esclarecimento da Prefeitura Municipal e entenda:

SOBRE O MANIFESTO ON LINE PELA MELHORIA NA SAÚDE PÚBLICA, A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL DE CAMPO MOURÃO ESCLARECE:

  • O texto do referido manifesto está repleto de informações erradas sobre números e repasses de recursos públicos à Santa Casa.
  • Nunca faltou empenho político por mais recursos ao hospital, que é regional e cuja gestão não é do poder público (trata-se de uma instituição que presta serviços por convênios e tem sua própria gestão). A decisão de suspensão de serviços foi unilateral, sobre a qual esta administração já se manifestou publicamente e tem atuado na busca por solução. Se não houvesse empenho político, como faz crer o texto do manifesto, o hospital já estaria fechado há muito tempo.
  • Os repasses de recursos que competem ao município estão rigorosamente em dia, conforme mostrado em audiências públicas e prestações de contas aos órgãos de fiscalização. Nesta administração os investimentos em Saúde sempre foram ACIMA da exigência legal de 15% do orçamento municipal. Em 2017 (20,54%); 2018 (22,81%); 2019 (21,12%); 2020 (20,64%); 2021 (19,25%).
  • Só da receita de recursos livres do 1º quadrimestre de 2022 (R$ 95,7 milhões), 16,79% (R$ 16 milhões) são da Saúde. Em todo o ano passado, essa mesma fonte de receita contabilizou R$ 211,1 milhões, dos quais R$ 42,7 milhões empregados na Saúde. Portanto, percentual muito diferente do que foi alegado no texto do manifesto.
  • É de amplo conhecimento público que esta administração tem oferecido vagas para contratação de mais médicos para as Unidades de Saúde, inclusive em concursos públicos. Projeto de lei para aumento do salário que visa tornar a função mais atrativa também já foi enviado ao Legislativo. Até então, porém, não tem surgido interessados para preencher essas vagas.
  • Esta administração lamenta a desinformação (ou má intenção) de pessoas que veiculam informações falsas ou distorcidas para tentar confundir a população. As receitas e despesas do município são públicas, estão publicadas no portal da transparência do município e a cada quatro meses apresentadas em sessões públicas no Poder Legislativo.
Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo