Notícias

Jovem é estuprada na frente do namorado em local conhecido como ‘fim do mundo’, no PR

Criminoso ameaçou o casal com uma arma de fogo e alegou que eles teriam roubado seus entorpecentes

Uma jovem de 25 anos foi abusada sexualmente em um loteamento conhecido como “fim do mundo”, no Monte Sinai, em Maringá, no noroeste do Paraná. O caso aconteceu na noite de segunda-feira (13). A moça estava com o namorado, que também foi ameaçado e forçado a assistir a cena.

O casal estacionou a motocicleta no local por volta das 21 horas. Eles estavam consumindo bebidas alcoólicas quando foram surpreendidos pelo criminoso, que usava uma balaclava tapando todo o rosto.

Com uma arma de fogo, ele ameaçou o casal pedindo dinheiro e, em seguida, alegou que o rapaz e a moça tinham roubado os entorpecentes dele. O casal negou, mas o estuprador insistiu e disse que para poder pagar a droga, a jovem precisava ter relações sexuais com ele.

Com uma arma na cabeça, a moça foi obrigada a manter relações com ele mais de uma vez, sendo que a primeira foi sem o uso de preservativo. O criminoso só foi embora quando a jovem começou a gritar.

A Polícia Militar foi acionada e investiga o caso junto à Polícia Civil de Maringá. A vítima está internada no Hospital Universitário de Maringá.

“O protocolo de violência sexual que a delegacia tem com o Hospital Municipal foi iniciado, já expedimos as guias para requisição dos exames pertinentes, a equipe de investigação também já está no local tentando levantar os indícios e os elementos para poderem servir como prova futura”,
afirma o delegado Rodolfo Vieira.

Fim do mundo

No loteamento chamado de “fim do mundo”, costumam acontecer festas durante a madrugada, raves e reunião de jovens com música alta. O local também é palco de crimes: três casos de abuso sexual são investigados pela polícia desde 2019, que aconteceram no mesmo ponto.

Via: RIC Mais

Print Friendly, PDF & Email

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo