Notícias

Homem assassinado a tiros na frente do filho, em Fênix

Polícia suspeita de crime passional

Por volta das 21 horas desta terça-feira, dia 6, uma equipe da Polícia Militar do Destacamento de Fênix compareceu no Hospital Municipal, onde uma vítima de disparo de arma de fogo recebia atendimento.

No local, o médico plantonista informou que a vítima, um homem, chegou no hospital já em óbito, com marcas de ter sido atingido por disparos de arma de fogo no rosto e na coxa esquerda.

No local onde o crime ocorreu, o filho da vítima informou que estava na residência juntamente com o seu pai, quando um rapaz – identificado pela testemunha – chegou em uma motocicleta e chamou pela vítima. Sendo que após os dois conversarem um pouco, o pai entrou na casa, pegou um notebook e mostrou alguma coisa que estava na tela do equipamento. Em seguida, ainda conforme o filho da vítima, o homem teria sacado uma arma e atirado contra seu pai. Além disso, o assassino ainda teria disparado contra ele ao perceber que o jovem presenciara o crime.

Com as informações, os militares foram até a casa do acusado, mas só encontraram o pai dele no local. Buscas numa propriedade rural onde ele poderia ser se escondido também não tiveram sucesso.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Campo Mourão.

A Polícia trabalha com a possibilidade que a motivação do crime tenha sido passional.

Segundo a iTribuna, a vítima foi identificada como sendo Ronaldo Portela, 46 anos, servidor do posto do Detran em Fênix

Com informações da Polícia Militar/11º BPM e foto da iTribuna

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo