Notícias

20 coisas que o brasileiro quer fazer quando a pandemia acabar

Nem carrões, nem mansão, nem ganhar na Mega-Sena. Adquirir coisas materiais não está mais entre os primeiros sonhos do brasileiro para quando a pandemia acabar.

Os desejos das pessoas mudaram e hoje o que elas querem é ter de volta as coisas mais simples da vida e recuperar a liberdade.

Fizemos uma enquete nas redes sociais do Só Notícia Boa para descobrir os planos dos nossos seguidores. Perguntamos quais “as duas coisas que você quer fazer quando a pandemia acabar”.

A amostragem revelou que, disparadamente, o que eles mais desejam hoje é viajar.  A resposta foi dada por uma a cada três pessoas que responderam à enquete.

Depois, com votação apertada, aparece na segunda colocação a vontade de poder abraçar livremente as pessoas queridas.

A terceira intenção mais votada, para quando tudo isso passar, é poder se reunir em casa com parentes.

Em quarto lugar, o desejo de abandonar de vez o uso de máscaras e em quinto, poder ir a um barzinho beber com os amigos.

Agradecer a Deus por ter sobrevivido à pandemia apareceu 10º lugar na amostragem.

A enquete livre, sem pretensão de ser uma pesquisa científica, foi feita nesta quinta, 1º, no Instagram, Facebook e no Twitter do Só Notícia Boa.

Veja o Top 20 – (o brasileiro quer fazer quando acabar a pandemia)

  1. Viajar
  2. Abraçar
  3. Visitar parentes/reunir a família
  4. Sair em máscara
  5. Ir no bar/boteco beber com amigos
  6. Fazer festa e reunir amigos em casa
  7. Ir à praia
  8. Aglomerar, ir para balada
  9. Dançar
  10. Agradecer a Deus
  11. Ir a shows e festivais
  12. Fazer churrasco com amigos
  13. Trabalhar sem medo
  14. Ir à igreja
  15. Ir ao cinema
  16. Beijar na boca
  17. Jantar fora / sair à noite
  18. Fazer sexo
  19. Ir à faculdade
  20. Ir ao shopping

Pra tudo isso acontecer, vamos continuar com as medidas protetivas, evitar aglomerações e torcer para a vacina chegar logo para todos nós brasileiros.

Do Só Notícia Boa

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo