NotíciasVídeos

Assassino de dono de lava jato se apresenta na Delegacia e responderá em liberdade

Dívida de drogas, a causa do crime

Nesta terça-feira, dia 22, Tiago Roberto Goulart, 33 anos, acompanhado de um advogado, se apresentou na 16ª SDP e confessou ser o assassino do proprietário de um lava jato no centro de Campo Mourão.

Tiago afirmou ao delegado que vinha sendo ameaçado por Anselmo Fernandes dos Santos, por causa de uma dívida de drogas. Como não tinha como pagar a conta, invadiu o lava jato e cometeu o assassinato enquanto a vítima higienizava um veículo de um cliente. O crime ocorreu no dia 12 de setembro.

Ele afirmou também que perdeu a arma do crime durante a fuga, após cair com a moto utilizada para fugir do local.

Como já passou o período do flagrante, o assassino confesso responderá o processo em liberdade.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo