Notícias

Médica pediatra de 55 anos morre por Covid-19 no Paraná

Foi o 12º médico que faleceu no Paraná por causa da doença

O Conselho Regional de Medicina do Paraná e a Sociedade Paranaense de Pediatria registraram pesar pela morte da médica pediatra Marissol Bassil (CRM-PR 12.135), na madrugada desta quarta (23) no Hospital do Rocio, em Campo Largo, onde estava internada, a exemplo do pai, que continua sob tratamento. Ela tinha 55 anos e foi mais uma vítima da Covid-19, elevando assim para 12 o total de médicos que faleceram no Paraná por causa da doença. A morte gerou comoção nas redes sociais de colegas e pacientes. A cerimônia de despedida será restrita por causa da pandemia.

Natural de Curitiba, a Dra. Marissol formou-se em dezembro de 1989 pela Evangélica Mackenzie, tendo se registrado no Conselho de Medicina do Paraná em maio de 1990. De acordo com nota de pesar divulgada em suas redes sociais, o Hospital Pequeno Príncipe informou que a profissional “atendia há mais de 25 anos na instituição, com relevante atuação nas emergências, sendo, inclusive, supervisora da emergência do SUS. Por fazer parte do grupo de risco, estava afastada das atividades no hospital desde o início da pandemia”.

Ainda de acordo com o HPP, a médica “também levou o seu conhecimento e amor em pediatria para outras instituições de saúde da região metropolitana de Curitiba, como o Hospital Infantil Waldemar Monastier, em Campo Largo, onde atuou como diretora-geral, e o Hospital do Rocio, também no município vizinho, onde atuava como responsável pela pediatria”. Ao solidarizar-se com a família, a hospital infantil de Curitiba reiterou que a médica, ao longo de sua trajetória, “sempre exerceu a sua função com profissionalismo, ética, personalidade de liderança e impressionante capacidade de união entre as equipes”.

A Sociedade Paranaense de Pediatria também emitiu nota de pesar, a exemplo do Hospital Waldemar Monastier, onde ela foi diretora-geral e diretora técnica, e do Hospital do Rocio, onde a Capelaria indicou que era o primeiro profissional de Medicina da instituição a morrer pelo novo coronavírus, pedindo ainda orações pela recuperação do pai da Dra. Marissol e ainda de outro membro da equipe médica intensivista que estavam internados. O jornal Folha de Campo Largo também publicou nota de pesar nas redes sociais, com inúmeras manifestações de solidariedade. Até a véspera, Campo Largo registrava 3.035 casos de Covid-19, com 91% dos pacientes recuperados.

Na terça-feira (22), outro médico tinha morrido na Grande Curitiba em decorrência da Covid-19: o ginecologista e obstetra Celso Ariello (CRM-PR 7.231), que teve a cerimônia de despedida na manhã desta quarta (23) restrita à família. A perda gerou grande comoção nas redes sociais, atestando o respeito ao trabalho e dedicação do médico, que tinha 64 anos de idade e 40 de profissão, sendo responsável por centenas de partos.

De acordo com dados da Secretaria Estadual de Saúde do Paraná, até terça-feira (22) o total de casos de coronavírus era de 165.927, com 4.142 óbitos. Os registros mostram ainda que foram notificados 45.662 casos de suspeita de coronavírus entre os profissionais com atuação na saúde, sendo que 7.572 testaram positivo. Entre médicos, foram 650 confirmações, com 485 já recuperados. Dos 80 óbitos entre os profissionais até então, 10 eram médicos.

Vítimas da Covid-19

O CRM-PR registra a morte dos seguintes médicos no Paraná, vitimados pela Covid-19, que se somam a vários outros formados ou com atuação no Estado e que faleceram em outras regiões:

» Dr. Nelson Martins Schiavinatto (CRM-PR 2.279), 80 anos, faleceu no início de abril em Cianorte.

» Dr. Milton Luiz Ciappina (CRM-PR 5.482), de Fazenda Rio Grande, faleceu no dia 3 de maio, aos 72 anos.

» Dr. Clóvis Górski (CRM-PR 4.263), 72 anos, faleceu dia 9 de junho, em Guarapuava.

» Dr. Caio Martins Guedes (CRM-PR 40.079), residente de ortopedia do Hospital Caron, faleceu em de Curitiba, aos 33 anos, no dia 22 de junho.

» Dr. Jorge Karigyo (CRM-PR 13.729), 62 anos, faleceu dia 8 de julho em Maringá.

» Dr. Gabriele Righetti Neto (CRM-PR 17.170), falecido dia 16 de julho no Hospital da Cruz Vermelha, em Curitiba, e que tinha sido infectado em Mato

Grosso, onde residia e trabalhava.

» Dr. Lucas Pires Augusto (CRM-PR 31.651), neurocirurgião de 32 anos, falecido dia 8 de agosto, no interior do Paraná.

» Dr. Vicente Lúcio Viana Lopes (CRM-PR 1.751), 79 anos e 56 de formado, que faleceu em hospital de Curitiba no dia 11 de agosto (a esposa faleceu 40 dias depois).

» Dr. Gerson Marcio Negrissoli (CRM-PR 15.960), 52 anos, faleceu em 28 de agosto, no Noroeste do Estado.

» Dr. Marcos Petyk Sereja (CRM-PR 33.462), de 34 anos e atuação no litoral, faleceu no dia 2 de setembro no Hospital Rocio.

Do Bem Paraná

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo