Notícias

Hemepar vê queda de até 25% nas doações de sangue na pandemia e faz apelo a doadores

Desde o final de junho convivendo com uma média diária alta de novos casos (1.722) e mortes (43) causadas pela Covid-19, o Paraná sofre também com os diversos ‘efeitos colaterais’ da pandemia. Entre eles está o esvaziamento dos bancos de sangue, numa situação que tem levado o Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar) a realizar convocações de doadores para manter o estoque abastecido.

Conforme Liana Labres de Souza, diretora do Hemepar, as 23 unidades de coleta no estado registraram redução que varia entre 15 e 25% no número de doadores, comparando com o mesmo período de 2019. A situação coloca o banco de sangue em situação de déficit com relação à demanda, provocando a redução dos estoques no estado.

Ainda segundo ela, os doadores se afugentaram por conta da pandemia, o risco de contágio. O Hemepar, contudo, está trabalhando com agendamento para evitar aglomerações, além de tomar uma série de outros cuidados. Outra questão também tem sido os desfalques no quadro de funcionários, por conta da necessidade de afastar pessoas do grupo de risco, funcionários que tiveram familiares contaminados ou que eles próprios tenham se contaminado e etc, o que reduz a capacidade de coleta.

“Não estamos numa situação difícil ou ruim, de faltar hemocomponentes, porque as cirurgias eletivas de grande porte estão canceladas, temporariamente adiadas, e o número de acidentes e traumas agudos diminuiu, estão ocorrendo em menor quantidade. Então a demanda hemoterápica diminuiu. Somos em 23 unidades [no Paraná], o excedente em uma unidade repassa para outra, vamos remanejando o estoque”, explica.

Neste momento, a maior necessidade é por doadores de sangue tipo O positivo e também aqueles que possuem fator RH negativo.

Critérios de elegibilidade para a doação de sangue

  • Estar em plenas condições de saúde
  • Ter entre 16 e 59 anos (menores de idade com autorização e presença do responsável legal)
  • Maiores de 60 estão impedidos de doar temporariamente devido à pandemia ocasionada pelo novo coronavírus.
  • Pesar no mínimo 50 quilos
  • Estar descansado e alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação)
  • Apresentar documento oficial com foto (Carteira de Identidade, Carteira do Conselho Profissional, Carteira de Trabalho, Passaporte ou Carteira Nacional de Habilitação)

Hemonúcleo de Campo Mourão
Rua Mamborê, 1500 (próximo ao estádio municipal Roberto Brzezinski)
Fone 44 3525 1102
Horário de coleta: segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h e das 13h30 às 17h

Da Redação com Bem Paraná

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo