Notícias

Áudio revela desespero de caminhoneiro envolvido em acidente trágico na BR-277. Ouça

Um áudio do caminhoneiro envolvido no acidente que matou oito pessoas na BR-277 em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, na noite de domingo (2) revela o desespero: “Jesus, amado! Morreu um monte de gente aqui. Ô, meu Pai do céu! Meu Deus do céu, me ajude! Eu estava terminando minha oração para sair viajar. Eu fui passando em cima de tudo, meu Deus do céu. Gente, eu estou aqui na 277, uma neblina. Eu acho que matei um monte de pessoas. Meu Deus do céu, atropelei. (…)Preciso de ajuda, cara. Não sei o que eu faço”, dizia o caminhoneiro no áudio.  O aúdio foi encaminhado por Cláudio Alexandre Seroiska para familiares logo após o acidente e acabou viralizando no Whatsapp. 

Ele prestou depoimento na Delegacia de São José dos Pinhais na manhã desta terça-feira (4). Em entrevista ao telejornal da RPC, Meio Dia, ele disse que na noite do acidente ele saiu para uma viagem a São Paulo para onde levaria peças.

Veja o perfil dos oitos mortos no acidente trágico na BR-277

“Eu entrei como se você entrasse com os olhos vendados em quarto escuro. Eu entrei na faixa direita e aconteceu tudo. Não tinha um luminoso indicando nevoeiro na pista. Não tinha um batedor da concessionária, indicando para reduzir a velocidade”, afirmou ele, na entrevista. O motorista disse ainda que ela estava a 75 km/h.  A perícia vai avaliar o tacógrafo do caminhão. A polícia vai chamar responsáveis pela Ecovia, concessionária que administra o trecho, para saber o motivo de não ter sinalização sobre a fumaça e o nevoeiro no local. 

Fonte: Bem Paraná

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo