Notícias

Projeto de Rubens Bueno reconhece os Caminhos de Peabiru como Manifestação da Cultura Nacional

O deputado federal Rubens Bueno (Cidadania-PR) apresentou projeto (PL 1696/2022) que reconhece os Caminhos de Peabiru como Manifestação da Cultura Nacional. Esse histórico traçado, utilizado inicialmente pelos indígenas, principalmente os guaranis, foi utilizado desde o século XVI percorrendo os territórios dos estados de Santa Catarina, São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, e do Paraguai, Bolívia e Peru.

A rede de caminhos que cortava a América do Sul, partindo do Oceano Atlântico e seguindo até os Andes, somava uma rota de mais de três mil quilômetros de trilha. O ramal principal tinha aproximadamente oito palmos de largura, o equivalente a 1,40 metro, e 40 centímetros de profundidade. Ao longo do percurso, havia diversas ramificações secundárias ligando diferentes povoamentos indígenas.

“Os relatos mais antigos e mais detalhados sobre o caminho datam do século XVI, mas ainda hoje os Caminhos de Peabiru fazem parte da memória de antigos moradores da região de Campo Mourão, no Paraná. Sabem eles que por ali passavam índios, aventureiros europeus, jesuítas e bandeirantes, cortando a densa floresta a caminho para Fênix, Pitanga, Guaíra e arredores”, relata Rubens Bueno no projeto.

O deputado lembra ainda que nos anos 1990, à frente da Prefeitura de Campos Mourão, tomou conhecimento das descobertas científicas sobre os Caminhos e, junto à comunidade acadêmica, começou a incentivar as pesquisas sobre assunto. Desde então, diversas instituições se dedicam a produzir e a difundir conhecimento sobre esse patrimônio histórico.

Tanto as trilhas quanto o conhecimento sobre elas foram em grande parte apagados pelo tempo. Construções, plantações e novas estradas encobriram os traçados originais percorridos pelos indígenas e exploradores. “Mas o compromisso com a memória, a cultura e a história dessa região fez com que diversos pesquisadores passassem a se debruçar sobre o tema, realizando estudos etnológicos, arqueológicos, geográficos e históricos em busca de identificar os caminhos originais e entender a importância dos Caminhos de Peabiru para a formação dos locais por onde passava”, ressaltou Rubens Bueno.

Recentemente, uma Lei estadual declarou Patrimônio de Natureza Cultural Imaterial Paranaense a Rota Transcontinental Caminhos de Peabiru, no trecho que compreende o Estado do Paraná. Também está em curso um projeto para resgatar a trilha histórica do Caminho do Peabiru, num trecho de 1.550 quilômetros de extensão que percorre 86 municípios e 29 distritos administrativos do Estado do Paraná.

“Com base no sólido conhecimento científico produzido sobre o tema, afirmamos com tranquilidade que a relevância história e cultural dos Caminhos de Peabiru justificam o seu reconhecimento como manifestação da cultura nacional”, reforça o deputado, que espera que o projeto tenha tramitação rápida e seja aprovado rapidamente pelo Congresso Nacional.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo