Notícias

Whey Protein para a saúde de idosos

Você sabia que a melhor idade também pode se beneficiar do uso da proteína do leite?

A whey protein contém alto teor de aminoácidos essenciais, de cálcio e de peptídeos bioativos do leite. Essa composição garante a ela alto valor nutricional, podendo auxiliar na prevenção de doenças e na melhora da qualidade de vida para a terceira idade. Além disso, possui absorção rápida e maior digestibilidade, garantindo melhor manutenção das proteínas presentes no organismo.

Geralmente, pessoas com idade acima de 65 anos tendem a perder maior quantidade de massa magra por redução de resposta ao anabolismo e à absorção de cálcio. Por isso, existe uma necessidade significativa do organismo de obter maior quantidade de proteínas ao dia, inclusive pelo fato de que a terceira idade tende a consumir, naturalmente, um volume menor de alimentos do que os jovens adultos.  Desta forma, a suplementação da proteína do leite pode reduzir significativamente a perda de sua massa muscular, minimizar processos inflamatórios em geral e prevenir o surgimento de doenças agudas ou crônicas relacionadas à idade. Ainda podemos levar em consideração a alta quantidade de cálcio presente em sua composição, que pode auxiliar na prevenção da osteoporose.

Quanto de proteína do leite o idoso pode consumir?

Estudos garantem que idosos sedentários saudáveis, que não possuem uma rotina de atividade física, podem consumir 30g de whey protein divididas em duas tomadas de 15 gramas, de preferência, longe das refeições. Já os idosos que possuem uma rotina mais ativa, com exercícios regulares (sejam eles de força, como musculação, ou cardiovasculares, como caminhadas) devem realizar uma dessas tomadas logo após se exercitar.

Quais os principais benefícios do consumo de proteína do leite para a saúde da melhor idade?

Como benefícios, podemos citar o auxílio na prevenção da redução da perda de massa muscular, prevenção de doenças cardiovasculares, prevenção de doenças inflamatórias, melhora da função neurológica, aumento do sistema imunológico, melhora do funcionamento intestinal, auxílio na recuperação de feridas e de enfermidades e redução de gordura corporal, principalmente aquela localizada na região abdominal. Em geral, melhora na qualidade de vida, maior independência motora e redução de dores.

Dicas importantes para alcançar uma vida mais saudável e manter as doenças longe!

  • Associe a suplementação de proteína do leite com atividade física regularmente, para aumentar a força muscular e promover aumento da disposição e redução de fadiga.
  • Consuma mais alimentos ricos em proteínas e vitaminas, como carnes brancas, legumes e verduras, e reduza o consumo de carboidratos, para evitar o aumento excessivo de gordura corporal.
  • Tome sol por pelo menos 10 minutos ao dia no período da manhã para aumentar a produção de vitamina D. O colecalciferol (Vitamina D) é responsável pela absorção do cálcio pelo nosso organismo tanto quando consumido na alimentação, como na suplementação por medicamentos ou por consumo de proteína do leite, garantindo assim, maior sucesso na prevenção de doenças.
  • Consuma bastante água para garantir maior hidratação e melhora do funcionamento renal, de forma que o consumo de proteínas não prejudique os rins.

Devemos lembrar também que o acompanhamento do seu nutricionista ou do seu médico é sempre bem-vindo antes de consumir a proteína do leite, especialmente se o(a) senhor(a) possuir alguma deficiência renal ou hepática.

Fonte: Essencial Farmácia de Manipulação

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo