NotíciasVídeos

Policial penal ‘mexe’ com jovem, leva bebida na cara e parte para agressão no Paraná; assista

O agente foi detido, pagou fiança e foi liberado

O agente penitenciário E. M. H. foi preso após agredir uma mulher em um posto de combustível de Francisco Beltrão, no sudoeste do Paraná. O caso aconteceu na madrugada de domingo, 13, por volta da 1h30, e foi registrado pelas câmeras de monitoramento do estabelecimento. As imagens, reproduzidas aqui do site Beltrão Agora, mostram a importunação sexual, a reação da jovem e a agressão.

As imagens mostram que o agente estava em uma mesa com três amigos ea jovem em outra, junto com a mãe. No momento em que elas levantam, Hillesheim ‘mexe’ com a moça, a importunando sexualmente, conforme relataram testemunhas. Ela não gosta, pega um copo de refrigerante e atira contra o rosto do agente.

Ele levanta e agride fisicamente. Outras pessoas que estavam no local tentam contê-lo e a jovem corre, mas, ainda assim, é agredida com tapas e empurrões. O agente é detido pela Polícia Militar , se recusa a entregar a arma que portava e é encaminhado à delegacia.

Lá, na delegacia, ainda se recusando a entregar a arma, os PMs tiveram que fazer uso de força para desarmar o agressor. Na delegacia ele foi autuado em flagrante pelo delegado Emerson Ferreira pelos crimes de vias de fato, injúria, ameaça, desobediência e desacato. Mas pagou fiança de R$ 2,4 mil e foi liberado na sequência.

De acordo com o portal Beltrão Agora, o diretor-geral do Deppen (Departamento de Polícia Penal do Paraná), Francisco Caricati, disse que além do procedimento criminal, o servidor público responderá um processo administrativo.

“Ainda que não correlata à atividade que ele desenvolve, mas em função da natureza da função policial dele responderá um processo administrativo por ato incompatível com o exercício da profissão.”

O espaço está aberto para a defesa do agente.

Veja o vídeo:

Com Banda B

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo