Notícias

Jovem desaparecida após ir em entrevista de emprego é encontrada morta queimada

Somente na tarde desta quarta-feira (15), após novos exames com as digitais feitos no IML, a identidade do corpo foi confirmada como realmente sendo de Larissa

A jovem Larissa Ferreira, de 20 anos, que estava desaparecida há quatro dias, foi encontrada morta com queimaduras pelo corpo, na madrugada do último domingo (12). No entanto, o corpo só foi reconhecido pela família no Instituto Médico Legal (IML) na tarde desta quarta-feira (15).

Um dia depois do desaparecimento de Larissa Ferreira, deu entrada em um hospital de Curitiba, uma moça parda de aproximadamente 28 anos de idade, cabelo preto, enrolado. A vítima foi encontrada queimada em um ponto de ônibus no município de Campo Magro e no dia seguinte morreu devido a gravidade dos ferimentos.

Os familiares de Larissa foram até o hospital, mas não reconheceram a jovem por causa das queimaduras. Os peritos não estavam conseguindo colher as digitais da vítima.

Somente na tarde desta quarta-feira (15), após novos exames feitos no IML, a identidade do corpo foi confirmada como realmente sendo de Larissa.

A jovem disse a família que iria fazer uma entrevista de emprego numa unidade da loja Pernambucanas na Cidade Industrial de Curitiba, e só avisou os familiares que estava quase tudo certo com o emprego e que ia “espairecer” um pouco com um rapaz.

Conforme apuração da repórter Daniele Sevieri, da RIC TV Record, na região não há nenhuma loja da rede. E mesmo nos bairros próximo, onde existem lojas da Pernambucanas, não havia nenhuma chamada para entrevista em nome de Larissa.

A Polícia ainda não sabe o que pode ter acontecido no dia do sumiço e nem quem seria o suposto homem com que Larissa saiu.

RIC Mais

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo