Notícias

Motociclista leva multa grave por conduzir sem cinto de segurança: “como assim?”

Departamento Municipal de Trânsito admite que pode ter ocorrido um erro na aplicação da infração

Uma mulher levou uma multa grave de trânsito ao conduzir sua motocicleta sem sinto de segurança. A moradora de Osvaldo Cruz (SP) Larissa Silva Munhos, de 24 anos, disse que ficou surpresa quando recebeu a carta notificando a infração, que chegou nesta sexta-feira (21).

Ao G1, ela conta que, quando seu marido abriu o envelope, percebeu que era do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran). “Como assim? Eu fiquei nervosa ao saber da multa”, afirma Larissa.

A notificação da autuação por infração à legislação de trânsito afirmava que ela deixou de usar o cinto de segurança ao conduzir sua motocicleta . A multa, no valor de R$ 195,23, foi considerada grave e ainda lhe renderia a perda de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Na carta, o nome de Larissa e a placa de sua moto constavam corretamente. “Deve ter confundido o número da placa ou veículo na hora de elaborar a multa”, diz. A motociclista diz, ainda, que não se lembra de ter saído de casa na data em que a multa foi aplicada, e irá recorrer da infração.

Em nota ao G1, o Demutran disse que podem haver erros nesse tipo de situação. “Neste caso, a autuação foi lavrada por um agente do Estado e não pelo agente de fiscalização de trânsito do município. No entanto, os agentes ou os policiais que atuam no dia a dia do trânsito podem se equivocar e, deste modo, erros acontecem, pois a troca de um número ou uma letra da placa de identificação pode fazer com que a autuação de um veículo possa cair em outro”, explicou o órgão municipal.

Do IG (com G1)

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo