Notícias

IBGE suspende seleção com 204,3 mil vagas

O processo seletivo oferta 204.307 vagas de nível fundamental e médio para contratação temporária durante o Censo Demográfico 2021

Estão canceladas as provas do processo seletivo que oferece 204.307 vagas para recenseadores e agentes censitários que irão efetivar o Censo Demográfico 2021 em todo o país. A informação foi publicada no final da manhã desta terça (06) na página do Cebraspe, organizadora do concurso, e também nas redes sociais da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Reprodução do perfil oficial do IBGE no Instagram

De acordo com os documentos (veja abaixo), o motivo da suspensão das provas não tem relação com a pandemia e sim, com os gastos do governo federal, já que a votação do orçamento para o exercício de 2021 reduziu em cerca de 96% o total de recursos destinados à realização do Censo Demográfico.

Reprodução do comunicado do Cebraspe
Reprodução do comunicado do Cebraspe

O Censo constitui a principal fonte de referência para o conhecimento das condições de vida da população brasileira. A periodicidade da pesquisa é decenal, excetuando-se os anos de 1910 e 1930 em que o levantamento foi suspenso, 1990 quando a operação foi adiada para 1991 e, por fim, 2020 que sofreu transferência para 2021 devido a pandemia causada pelo novo Coronavírus.

Embora as provas que seriam aplicadas nos dias 18 e 25 de abril estão canceladas, as duas seleções estão mantidas e, por enquanto, não haverá devolução da taxa de inscrição já que o IBGE ainda depende de um posicionamento do Ministério da Economia para definir um novo cronograma de provas juntamente com o Cebraspe.

Sobre o processo seletivo

O edital 01/2021 (acesse aqui) traz 22.409 vagas nas funções de agente censitário municipal e agente censitário supervisor, ambas de nível médio, sendo os aprovados contratados por até cinco meses com possibilidade de prorrogação conforme haja necessidade de conclusão das atividades do Censo. Quando o cronograma de provas for retomado os candidatos serão avaliados mediante prova objetiva com sessenta questões de múltipla escolha das matérias de língua portuguesa, raciocínio lógico quantitativo, ética no serviço público, noções de administração/situações gerenciais e conhecimentos técnicos. A prova objetiva será realizada nos municípios sede de postos de coleta listados no quadro de vagas da seleção.

Já o edital 02/2021 (acesse aqui) oferta 181.898 vagas de recenseador, função que exige o ensino fundamental completo, sendo os aprovados contratados por até três meses com possibilidade de prorrogação de acordo com a necessidade de conclusão das atividades do Censo. Quando o cronograma de provas for retomado os candidatos serão avaliados mediante prova objetiva com cinquenta questões de múltipla escolha das matérias de língua portuguesa, matemática, ética no serviço público e conhecimentos técnicos. A prova objetiva será realizada nos municípios listados no quadro de vagas do processo seletivo.

Da Gazeta do Povo

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo