Notícias

Paciente que fugiu de hospital de Londrina morre por complicações da covid-19

Homem de 45 anos teve morte encefálica após uma parada cardíaca

O Hospital Universitário de Londrina, no Norte do Paraná, confirmou a morte do paciente com covid-19 que fugiu da unidade no último dia 17. O homem de 45 anos teve morte encefálica constatada pela equipe médica no fim da noite de domingo (28), após sofrer uma parada cardíaca.

De acordo com o hospital, o paciente deu entrada no pronto-socorro no dia 16 e, no dia seguinte, fugiu da unidade com receio de ser intubado. Os vídeos da fuga repercutiram na internet. As imagens mostram o momento em que os profissionais da saúde correm atrás do homem no meio da rua.

Na ocasião, a direção do HU informou que o paciente sofreu uma crise de ansiedade, provocada pelo cenário de superlotação e o receio de ser intubado. “Ao ser indagado sobre o seu motivo de fuga, o mesmo referiu ter medo e angústia relacionados ao possível agravamento do quadro clínico”, destacou o hospital, em nota.

Um dia após a fuga, o homem precisou ser intubado. Já na última quarta-feira (24), ele apresentou uma piora no quadro clínico e foi transferido à UTI (Unidade de Terapia Intensiva), onde permanecia internado e sedado.

Relembre: Paciente que fugiu do HU em Londrina está intubado em estado grave

Do CATVE

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo