Notícias

Denúncia aponta que restaurante de Curitiba realizava festas sexuais durante a pandemia

Uma denúncia neste domingo (24) feita nas redes sociais mostrou que um restaurante japonês de Curitiba realizava festas sexuais, com trocas de casais, em horários em que não estava funcionando. As festas eram realizadas inclusive em cima das mesas onde as refeições seriam servidas durante o expediente.

A denúncia foi feita pelo perfil Brasil Fede Covid, que usa postagens no Twitter e em outras redes para denunciar festas e aglomerações durante a pandemia do coronavírus. A ideia do perfil é alertar autoridades, uma vez que festas clandestinas estão proibidas em quase todo o País durante a pandemia.

Na denúncia, o perfil postou fotos de swing que teriam sido tiradas no local e marcou o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, o governador do Paraná, Ratinho Júnior, e o Ministério Público do Paraná. Mas não identificou abertamente qual era o estabelecimento. 

Contudo, as fotos viralizaram nas redes sociais e vários internautas identificaram o local: um restaurante japonês localizado no bairro Bigorrilho. Muitos fizeram comentários com nojo ao verem as imagens – que foram deletadas dos perfis no Instagram. Mas outros fizeram troça. “Os caras com o sakê de fora e com o hashi na mão, só chupando ostra e comendo piranha. Parece que realmente esse é um legítimo restaurante japonês”, escreveu um internauta. “Garçom, por que essa mesa está com cheiro de c*?”, postou outro.

Nem prefeito nem governador se manifestaram. 

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo