Notícias

Policial invade apartamento e agride com cassetadas alunas que comemoravam TCC; vídeo

Um policial militar fora de serviço agrediu um grupo de estudantes mulheres que comemoravam a aprovação do TCC de uma amiga. O membro das forças policiais de Lajes, em Santa Catarina, era vizinho da república e apareceu com um cassetete para bater nas estudantes em uma cena completamente violenta e desnecessária. Uma das vítimas registrou a agressão em vídeo, que viralizou nas redes sociais.

A confraternização acontecia e a limitação de horários do condomínio barra que festas com barulho acabem às 22h. Um minuto depois do horário limite, o cabo  da PM apareceu na porta do apartamento para ameaçar e claro, machucar as meninas.

“Para de bater nela, para de bater nela, para de bater nela. Pelo amor de Deus, pelo amor de Deus, você tem problemas. Idiota”, diz uma das colegas da vítima durante o vídeo.

“Ele invadiu nosso apartamento com o cassetete e começou a nos bater porque estávamos comemorando o TCC de uma amiga nossa que mora com a gente”, explicou uma das meninas envolvidas no incidente.

Policial fora de serviço agrediu estudantes que comemoravam a aprovação de um trabalho de conclusão de curso com um cassetete

O 6º Batalhão da Polícia Militar, de Lajes, afirmou que irá instaurar um ‘procedimento correcional’ ao cabo, que estava isolado do trabalho de policial por ser membro do grupo de risco para o novo coronavírus.

Confira  a nota da PM:

“Após ter conhecimento dos fatos determinou a instauração do procedimento correcional competente para apuração. A Instituição afirma tratar-se de fato isolado que não condiz com a formação e a preparação dos policiais militares catarinenses. Ressalta ainda, que não coaduna com qualquer conduta irregular, bem como violência contra a mulher”, afirmou Fabiano da Silva, Tenente-Coronel do 6º Batalhão da Polícia Militar de Santa Catarina.

Confira as imagens bizarras:

Fonte: Hypeness

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo