Notícias

Nova York tem 1º dia sem morte após 4 meses: Covid

Alívio em Nova York. A cidade, que já foi o epicentro da Covid-19 nos Estados Unidos, teve o primeiro dia sem mortes neste sábado, 11. A prefeitura divulgou a informação neste domingo, 12.

Os dados são Departamento de Saúde e Higiene Mental da cidade. A marca acontece após 4 meses de luta contra o novo coronavírus.

No mesmo dia, sábado, Nova York registrou 341 novos diagnósticos da doença.

A luta

O primeiro caso de morte pela Covid-19 em Nova York foi no dia 11 de março. Depois disso os números subiram de forma vertiginosa.

O recorde de mortes foi no dia 7 de abril, quando 597 morreram pela doença, além de outros 216 óbitos suspeitos que aguardavam resultado na época.

Desde o início da pandemia, a cidade teve um total de 18.670 mortes confirmadas por Covid-19 e 4.613 prováveis.

Heróis

“Os nova-iorquinos têm sido o herói desta história, indo além para manter um ao outro em segurança”, disse Avery Cohen, porta-voz da prefeitura, à agência Bloomberg.

Cohen alfinetou o presidente Donald Trump.

“Na ausência de liderança nacional, nossa cidade se adiantou para mostrar o que significa reabrir com segurança”, disse Cohen.

“Com os casos surgindo em todo o país, sabemos que ainda não podemos baixar a guarda e continuaremos a fazer tudo o que pudermos para combater o vírus juntos”, afirmou.

Washington

A capital dos EUA, Washington, também está com mortes em queda.

Números divulgados pela prefeitura neste domingo não mostravam óbitos nos últimos três dias.

O total de mortes nos EUA pela Covid-19 é de 134.904. Só neste domingo foram 906 casos.

O país é o primeiro do mundo e contaminados: já passou de 3,2 milhões de casos O Brasil vem em segundo, com 1,8 milhão de casos e 72 mil mortes.

Do Só Notícia Boa

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo