Notícias

Em C. Mourão, novo decreto estabelece toque de recolher e multa a quem não usar máscara

Medidas foram confirmadas em reunião com proprietários e administradores de supermercados. Bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas poderão funcionar somente até às 20 horas

Novo decreto assinado pelo prefeito Tauillo Tezelli na manhã desta quarta-feira (17), estabelece novas medidas restritivas como mecanismo de enfrentamento da emergência em saúde pública, decorrente do novo Coronavírus. Entre as novas medidas está toque de recolher a partir do dia 19 de junho até o dia 30 de julho, das 22 horas até as 6 horas do dia seguinte, para confinamento domiciliar obrigatório.

Clique aqui para acessar arquivo com a íntegra do novo decreto

A partir da publicação do decreto qualquer pessoa que estiver fora da residência sem o uso de máscara será penalizada com multa no valor de R$ 150,00, conforme já está previsto na Lei Estadual nº 20.189. Já os bares e outros estabelecimentos especializados em servir bebidas poderão funcionar somente até às 20 horas.

As novas determinações estão embasadas em deliberações dos comitês de Saúde e de Gestão de Crise do Covid-19.

O consumo de bebidas alcoólicas em locais públicos, bem como locação de espaços particulares para a realização de festas também estão proibidos.

Quanto ao transporte coletivo urbano deverá funcionar somente com passageiros sentados, janelas dos ônibus integralmente abertas e uso obrigatório de máscaras.

O descumprimento das determinações do Decreto acarretará em crime de desobediência, com punições que vão desde sanções administrativas até prisões, nos termos da legislação penal.

O novo decreto não invalida as medidas adotadas nos anteriores que não forem conflitantes”, explica o coordenador geral, Carlos Alberto Facco.

Não gostaríamos de adotar medidas mais enérgicas ou punir as pessoas, mas como gestor do município tenho a responsabilidade sobre as medidas que visam impedir a contaminação ou propagação de doenças transmissíveis. Sempre temos levado em conta as orientações técnicas e a estrutura de saúde que temos no município, restringindo algumas atividades para não parar a economia”, justifica o prefeito Tauillo Tezelli, que realizou uma reunião com proprietários de supermercados (foto) na manhã desta quarta-feira na prefeitura para reforçar o pedido de colaboração às normas.

Da Redação com Assessoria

Etiquetas

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar