Notícias

Espaço Sou Arte realiza “Ação Entre Amigos” para suprir necessidades de seus profissionais

Companhia de Campo Mourão está há cerca de dois meses sem agenda de apresentações, em razão da pandemia

Sem agenda de apresentações há cerca de dois meses e tampouco com perspectivas de retorno a normalidade a curto prazo, em razão da pandemia de Covid-19, a companhia artística Espaço Sou Arte, de Campo Mourão, lançou uma Ação Entre Amigos. O objetivo é assegurar o atendimento das necessidades básicas das famílias dos aproximadamente 30 profissionais que dependem exclusivamente do trabalho fomentado pela companhia fundada há 14 anos e que, em tempos normais, mantinha vasta programação de apresentações em todo o Paraná e também nos estados de Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e São Paulo.

A ideia da “Ação Entre Amigos” surgiu diante da longa duração da pandemia e do consequente agravamento dos crescentes problemas financeiros enfrentados pelos profissionais que integram a companhia. Neste período de recesso forçado, o Espaço Sou Arte passou a explorar mais as redes sociais e essa foi a ferramenta adotada para a Ação Entre Amigos.

A adesão é feita através do site da companhia e o colaborador pode optar entre três valores para ajudar os artistas. Tudo de forma prática e rápida, sem sair de casa. O ganhador da “rifa virtual” será contemplado com uma performance ou apresentação da companhia em evento ou festa que preferir, após a liberação pelas autoridades para a realização de eventos.

Em atuação desde 2006, a companhia tem em sua troupe profissionais de vários segmentos: artistas de circo, bailarinos, atores, escritores, educadores sociais, psicólogos e técnicos, entre outros.

Projetos sociais

Além dos espetáculos apresentados em eventos públicos, privados e corporativos, que nos últimos anos deram enorme visibilidade ao seu trabalho, o Espaço Sou Arte também mantém vários projetos nas áreas social, com o atendimento de jovens e crianças em situação de vulnerabilidade social. São oferecidas aulas de circo, teatro e dança, com acompanhamento pedagógico e psicoterapêutico. O trabalho visa o desenvolvimento de valores éticos e da cidadania, incitando o empoderamento e protagonismo social, a descoberta de vocações, a progressão da autoestima, o controle emocional, a esperança e o olhar para novos horizontes, entre outros conteúdos importantes para a inserção social e construção de uma sociedade justa e igualitária.

Com as restrições impostas devido a pandemia, os alunos dos projetos sociais estão sendo assistidos através de aulas online. Ressaltam os coordenadores das ações a atual situação que tem levado a um aumento drástico nos conflitos que cada um carrega dentro de suas casas e comunidade.

As aulas online estão sendo utilizadas para dar continuidade também ao atendimento das turmas particulares, a fim de manter o vínculo com os alunos e assim evitar eventuais desistências quando tudo se normalizar. Com o atendimento virtual, os alunos também se sentem estimulados a praticar atividades físicas.

A equipe de artistas do Espaço Sou Arte também tem mantido seus treinos em casa, de forma virtual, em grupo.

Dia das Mães

O Espaço Sou Arte ao longo de sua trajetória sempre buscou estar o mais próximo possível de seu público. Para isto tem procurado produzir vídeos que tem chamado a atenção e podem ser vistos através do canal no Youtube, além de produzir alguns eventos alternativos.

Para o Dia das Mães, que se comemora neste domingo (10/5), foi preparado um mini espetáculo que pode ser contratado para ser apresentado à porta da casa da homenageada, com toda segurança. Um pequeno elenco participa da produção e todas as recomendações de segurança são atendidas nas apresentações.

Edilaine Maria de Castro, diretora do Espaço Sou Arte, revela que a redução das apresentações e das atividades presenciais dos projetos sociais levou o grupo a dar uma atenção especial em relação as redes sociais. A Companhia ampliou a utilização da internet como ferramenta de divulgação do trabalho realizado, com a criação de novos conteúdos e maior frequência de postagens para intensificar a aproximação com o público que também está em casa.

“Mas aguardamos com ansiedade o retorno a normalidade para a volta aos palcos, que é o nosso lugar preferido”, finaliza Edilaine Maria de Castro.

Print Friendly, PDF & Email

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo