Domingo
08/12/2019
Startups e alunos mourãoenses vencedores de maratona de programação da NASA apresentam projetos
publicado em: 30/10/2019 - 18:56h

   Seis startups de Campo Mourão que tiveram projetos aprovados pelo programa Sinapse da Inovação e um grupos de alunos da UTFPR Câmpus Campo Mourão que obtiveram a 1ª e a 2ª colocação no Nasa International Space Apps Challenge, apresentaram seus projetos na semana passada no gabinete do prefeito Tauillo Tezelli. O programa Sinapse foi promovido pelo governo do Estado e Fundação Araucária e Nasa International Space é uma uma maratona de programação da agência espacial americana.

   O encontro promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico buscou aproximar a prefeitura dos projetos que estão sendo desenvolvidos no município por alunos e empreendedores. Campo Mourão ficou entre as cinco cidades do Estado em número de projetos aprovados no Edital Sinapse da Inovação, que irá aportar até R$ 40 mil reais a fundo perdido para que as startups comecem a desenvolver seus projetos.

   “Esse tipo de negócio e de empresa é de extrema importância para o município, pois permite que os alunos tenham possibilidade de aplicar suas pesquisas e aprender praticamente empreendendo. Podem gerar novos negócios e atuar num mercado para além de Campo Mourão, sem muitos investimentos em infraestrutura, como no modelo tradicional de indústria de transformação”, observou  o prefeito Tauillo Tezelli.

   PROJETOS - Dos seis projetos aprovados no edital Sinapse da Inovação, dois foram campeões de edições passadas do EmpreendeWeek, o maior evento de ciência, tecnologia, inovação e empreendedorismo da região. Outro dado que chama a atenção é participação da UTFPR Câmpus Campo Mourão nos resultados. Dos seis projetos, cinco são desenvolvidos por alunos e professores de lá.

   Os projetoS são: LawSolutT - tecnologia em soluções jurídicas, formado por estudantes da UTFPR e Unespar que venceram o Hackathon Procon de 2018. O projeto a ser desenvolvido é um sistema para o cálculo da dosimetria da multa gerada pelos Procons, tornando o processo automático e reduzindo o tempo que antes era de até 20 dias para menos de 2 minutos.

   Smart Collect Soluções Tecnológicas: startup formada por alunos da UTFPR de Campo Mourão, vencedora do primeiro Empreende Week 2017. O projeto é desenvolver equipamentos eletrônicos que afiram a medição e o monitoramento de energia elétrica para empresas e indústrias, utilizando inteligência artificial para alertar os clientes.

   ÉRGON BIOTECNOLOGIA tem como proposta o desenvolvimento, a produção e a comercialização de biorremediadores, para o tratamento de efluentes industriais e urbanos. Um dos diferenciais do processo é favorecer o reuso da água pela indústria ou sua devolução aos corpos hídricos nos padrões ambientais.

   Smart Tribute – Tecnologia aplicada a simplificação tributária, facilita a consulta tributária, melhorando a qualidade e valor justo no recolhimento dos impostos através do regime tributário correto.

   NewHappen - Rede social humanitária que irá melhorar a saúde mental das pessoas. Através da sua plataforma a NewHappen facilitará a comunicação entre pessoas com transtornos mentais, profissionais da saúde mental e voluntários , permitindo conversas, agendamento para consultas presenciais e online.

   Geralgrafe - soluções tecnológicas em grafeno, promete produzir o nobre material a partir do reaproveitamento do grafite de pilhas.

   NASA - a maratona de programação da agência espacial americana ocorreu em 80 países e envolveu 29 mil participantes. Um dos eventos ocorreu entre os dias 18 e 20 de outubro em Maringá, envolvendo 276 pessoas e 33 times.

   O primeiro e o segundo colocados foram ocupados por alunos da UTFPR dos cursos de engenharia ambiental e ciência da computação. O grupo campeão desenvolveu um sistema de internet para navegação em alto mar, utilizando a rede de boias e sensores de monitoramento de temperatura e os próprios navios como roteadores de sinal.

   A equipe segunda colocada desenvolveu um sistema de rede de sensoriamento de poluição de ar para os bairros das grande cidades, permitindo inclusive que o preço de imóveis seja influenciado pelo monitoramento e dados de poluição do ar.

Fonte: Da Redação com Assessoria
Contato: [email protected]
VOLTAR
IMPRIMIR
ENVIAR
X
Meu Nome:
Meu E-mail:
Para:
E-mail:
Mensagem: