Sábado
07/12/2019
Alunos e professoras de duas escolas de C. Mourão receberão prêmios do Projeto Televisando o Futuro
publicado em: 22/10/2019 - 15:27h - alterado em: 22/10/2019 - 16:02h

Premiação será entregue na próxima quinta-feira (24), nas escolas municipais Parigot de Souza (10 horas) e Mário Quintana (14h30)


   Dois alunos e duas professoras da rede municipal de Campo Mourão foram contemplados pelo projeto Televisando o Futuro, do Instituto GRPCOM. A entrega da premiação será na próxima quinta-feira (24), nas escolas municipais Parigot de Souza (10 horas) e Mário Quintana (14h30). O Televisando é um projeto de Comunicação e Educação criado em 2008 que coloca a força da televisão a serviço da comunidade escolar.

   Na categoria Ilustração os vencedores foram a aluna Ana Claudia Tochio, (3º ano) e a professora Adriana Pedrosa, da Escola Municipal Parigot de Souza. Já na categoria História em Quadrinhos foram contemplados o aluno Vinicius Alves (4º ano) e a professora Larissa de Souza Vieira, da Escola Mário Quintana. Cada aluno vai ganhar um tablet e as professoras um kindle (leitor de livros digital). Mais de 4 mil alunos de 653 escolas públicas de 37 cidades participaram.

   Todos os anos o projeto define uma temática para ser trabalhada e leva o assunto às salas de aula por meio de reportagens produzidas e exibidas pela RPC. “Sustentabilidade: vamos juntos por um mundo mais sustentável?” foi o tema deste ano com abordagem em três eixos: Ambiental, Social e Econômico.  A proposta é colocar a força da televisão a serviço da educação e mobilizar educadores, estudantes e familiares para soluções éticas, sustentáveis e transformadoras.

   Desenvolvido em parceria entre RPC, Instituto GRPCOM, secretarias de educação e instituições de ensino superior, o Televisando propõe iniciativas de reflexão e ação que contribuem com a formação crítica de alunos do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano) de escolas públicas do Paraná. No ano passado foram premiados alunos e professores das escolas Maria do Carmo Pereira, Urupês e Parigot de Souza.

   Além de dar subsídios para que os temas sejam trabalhados de forma pedagógica em sala, o projeto oferece um programa de formação à distância para os professores com certificação por universidades parceiras. “Esse é um projeto interessante de cidadania e conhecimento através da comunicação, que muito tem contribuído na formação de nossos alunos”, ressalta a secretária municipal de Educação, Tânia Caetano.

Fonte: Da Redação com Assessoria
Contato: [email protected]
VOLTAR
IMPRIMIR
ENVIAR
X
Meu Nome:
Meu E-mail:
Para:
E-mail:
Mensagem: