Quarta-Feira
23/10/2019
Motorista que fizer transporte não autorizado agora vai pagar multa gravíssima
publicado em: 08/10/2019 - 16:00h - alterado em: 08/10/2019 - 16:05h

   A partir de agora quem realizar o transporte escolar não autorizado e o transporte remunerado irregular de pessoas ou bens estará cometendo uma infração gravíssima, e não mais grave, conforme previa o Código de Trânsito Brasileiro.

   No caso do transporte escolar sem licença, além da nova classificação, o valor da multa serrá multiplicado por 5, saltando de R$ 195,23 para R$ 1.467,35. O infrator também receberá 7 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e pode ter o veículo removido.

   Já para o transporte remunerado irregular, de pessoas ou bens, a infração era considerada média. Ao se tornar gravíssima, a multa sobe de R$ 130,16 para R$ 293,47, com os mesmos 7 pontos incluídos no prontuário e sujeito à remoção do veículo. Clique na imagem para ver arte de como era e como ficaram as multas para transporte clandestino. 

A revisão dessa lei não interfere no serviço dos aplicativos de transportes. Segundo Antonio Anastasia (PSDB-MG), relator do projeto que passou pelo Senado, disse à época que a medida analisada na Casa terei efeito somente contra os motoristas que realizam transporte não licenciado, o que não se aplica aos motoristas que prestam serviços aos aplicativos de transporte, como Uber, 99 e Cabify.

   Vale lembrar que no ano passado o Congresso aprovou, com sanção do então presidente Michel Temer, a regulamentação de app de transportes.

Fonte: Gazeta do Povo
Contato: [email protected]
VOLTAR
IMPRIMIR
ENVIAR
X
Meu Nome:
Meu E-mail:
Para:
E-mail:
Mensagem: