Segunda-Feira
18/02/2019
Decreto de Ratinho Júnior vai regulamentar a aplicação da Tarifa Rural Noturna
publicado em: 08/02/2019 - 08:55h

Medida foi anunciada nesta quinta-feira (7), em Cascavel, pelo governador Ratinho Junior. A iniciativa vai beneficiar aproximadamente 12 mil produtores com redução de 60% no valor da tarifa para quem consome energia entre 21h30 e 6h ou entre 22h e 7h durante o horário de verão.


O governador Carlos Massa Ratinho Junior afirmou nesta quinta-feira (07), em Cascavel, que vai editar um decreto regulamentando a aplicação da lei que estabelece a perenidade da Tarifa Rural Noturna de energia. Ele destacou que o Estado está determinado a garantir o benefício, que hoje chega a aproximadamente 12 mil produtores.


A medida atende as cadeias produtivas de aves, suínos, peixes e de leite que dependem de energia barata para serem competitivas no mercado nacional. A lei promulgada pela Assembleia Legislativa estabelece desconto na tarifa de luz que chega a 60% para os agricultores que utilizam energia elétrica entre 21h30 e 6h ou entre 22h e 7h durante o horário de verão.


Para beneficiar-se do programa o consumidor deve atender às seguintes condições: a unidade consumidora deve ser classificada como rural e em baixa tensão; custear integralmente o sistema de medição a ser instalado; adequação da entrada de serviço, quando necessárias, responsabilizando-se por contratação de serviço especializado e materiais; e não ter débitos perante a Copel.


AMOP – Ratinho Junior e os secretários de Estado se reuniram com os prefeitos da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná (Amop) durante o Show Rural de Cascavel. Além da Tarifa Rural Noturna, abordaram investimentos na área da infraestrutura.


O presidente da Amop e prefeito de Maripá, Anderson Bento Maria, disse que estreitar a relação com o Estado representa uma conquista. “É importante termos o governo estadual na nossa região, assim temos os secretários conversando com os prefeitos, ouvindo e discutindo assuntos pertinentes das suas cidades”, destacou.

Fonte: AEN
Contato: [email protected]
VOLTAR
IMPRIMIR
ENVIAR
X
Meu Nome:
Meu E-mail:
Para:
E-mail:
Mensagem: