Quarta-Feira
22/11/2017
Prefeituras do PR pedirão R$ 270,3 milhões extras para reforçar caixa, em dezembro 
publicado em: 14/11/2017 - 08:37h

Segundo estimativa da Confederação Nacional dos Municípios, Campo Mourão deve receber cerca de R$ 1,8 milhões caso o Governo Federal atenda pedido da AMP


   A AMP (Associação dos Municípios do Paraná) vai pedir ao Governo Federal um reforço de caixa do FPM (Fundo de Participação dos Municípios) de R$ 270,3 milhões, neste final do ano, para as 399 prefeituras do Estado. O valor é a parte relativa ao Paraná dos R$ 4 bilhões que lideranças municipalistas de todo o País vão pedir ao presidente Michel Temer na mobilização a ser promovida pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios), em 21 e 22 de novembro, em Brasília.

   Os valores que cada município receberá, caso o pedido seja aceito, estão disponíveis aqui, segundo estimativa feita pela CNM.

   A iniciativa integra a campanha "Não deixem os Municípios afundarem", lançada no último dia 10, que objetiva reunir prefeitos de todas as regiões do País para denunciar a crise enfrentada pelas 5,5 mil prefeituras brasileiras.

   O presidente da AMP, 2º vice-presidente da CNM (Confederação Nacional dos Municípios) e prefeito de Assis Chateubriand, Marcel Micheletto, pediu o apoio dos prefeitos à mobilização. ?Estes recursos serão cruciais para garantir que as prefeituras tenham um reforço de caixa para honrar seus compromissos financeiros, que sempre aumentam no final de ano, como o 13º salário dos servidores?, comentou.


Encontro de Contas

   Um dos projetos prioritários para as prefeituras é a votação, pelo Congresso Nacional, do veto do presidente Temer ao projeto que garante o Encontro de Contas entre o Governo Federal e as prefeituras na área previdenciária. As lideranças municipalistas defendem a derrubada do veto.

   A votação da matéria foi adiada para o mesmo dia da mobilização dos municípios - 22 de novembro. Por esta razão, Micheletto, enviou pedido aos prefeitos do Estado para que pressionem os deputados federais a votar pela derrubada do veto ao Encontro de Contas. Além disso, a AMP e a CNM pedem - entre outras reivindicações - a atualização dos programas federais, a prorrogação do prazo para a destinação adequada dos Resíduos Sólidos.

Fonte: AMP
Contato: [email protected]
VOLTAR
IMPRIMIR
ENVIAR
X
Meu Nome:
Meu E-mail:
Para:
E-mail:
Mensagem: