Quarta-Feira
13/12/2017
Prefeitura abre mão da promoção da Festa do Carneiro no Buraco 2017 e busca por parceiros
publicado em: 25/04/2017 - 12:38h

   Edital de chamamento público será publicado em busca de parceiros que queiram promover a festa do prato típico mourãoense   


   Em coletiva de imprensa realizada no final da manhã desta terça-feira, dia 25, o prefeito de Campo Mourão, Tauillo Tezelli, comunicou que a prefeitura mourãoense, após discutir com entidades parceiras, principalmente o Sindicato Rural, abriu mão da promoção da festa do prato típico da cidade, o Carneiro no Buraco. 

   Segundo Tezelli, existem impedimento legais que inviabilizam a realização do evento, principalmente a caótica situação financeira herdada por ele em janeiro.

   "Não estamos em condições de correr o risco de novos prejuízos como ocorreu nas últimas festas" ressaltou Tauillo. 

   O prefeito afirmou que será publicado um edital de chamamento público para quem, particulares ou empresas, tiver interesse em promover a festa de em parceria com o município. 

   

   Prejuízos seguidos- Segundo prestações de contas apresentadas nos últimos quatro anos, a festa deu resultados financeiros danosos aos cofres públicos. Em 2015, segundo a administração Regina Dubay, realizada em parceria com alguns "promotores" de eventos da cidade a festa apresentou mais de R$ 800 mil de prejuízo (contas foram prestadas quase um ano após o evento). Além disso, mais de R$ 200 mil em despesas da festa do ano passado ainda não foram pagos, conforme denunciou recentemente o presidente da Câmara de vereadores, Edson Battilani. 

   Diante disso, a administração Tauillo Tezelli deve estar em situação delicada para decidir se realiza ou não a festa deste ano. Segundo Tezelli, a prioridade nesse primeiro ano de sua gestão é sanear as finanças do município e honrar em dia pagamentos dos  salários dos servidores e dívidas com fornecedores. 

   Segundo o secretário Beto Pequito, da Fazenda e Administração, as dívidas da prefeitura, de curto e médio prazo, são de mais de R$ 40 milhões. (foto: Walter Pereira/iTribuna)

Fonte: Da Redação
Contato: [email protected]
VOLTAR
IMPRIMIR
ENVIAR
X
Meu Nome:
Meu E-mail:
Para:
E-mail:
Mensagem: