Terça-Feira
12/12/2017
C. Mourão Basquete perde para o líder Mogi em partida muito equilibrada
publicado em: 02/12/2017 - 22:08h

Por LNB 


O Mogi das Cruzes/Helbor segue invicto neste início de NBB CAIXA. Atuando em casa, neste sábado (02/12), a equipe do técnico Guerrinha bateu o Campo Mourão Basquete, por 72 a 69, e conquistou a quinta vitória em cinco jogos disputados no maior campeonato de basquete do país.


O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e o apoio do Ministério do Esporte.


Põe na conta: Com cinco vitórias e 100% de aproveitamento, Mogi segue na ponta da tabela de classificação do NBB CAIXA – outro invicto, o EC Pinheiros não jogou nesta semana e soma três triunfos. Já o Campo Mourão conheceu sua terceira derrota em cinco jogos disputados no NBB CAIXA 2017/2018.


Jogo equilibrado: As duas equipes fizeram uma partida equilibrada e a decisão veio apenas nos segundos finais. No início do terceiro quarto, o time paulista abriu 16 pontos de frente, mas os paranaenses se recuperaram rapidamente e a partida seguiu parelha até o fim. No último quarto, a liderança mudou de lado quatro vezes e o placar esteve empatado em três oportunidades.


Fala aí: “Fizemos um bom trabalho até o terceiro quarto. Abrimos 16 pontos e depois não podemos dar o vacilo que demos. Deixamos o jogo perigoso. Até os últimos dois minutos, ficou tudo igual. Claro que temos que comemorar a vitória, é a quinta seguida e nos matemos 100%, mas que fique um sinal de alerta para jogarmos concentrados do início ao fim”, disse o capitão mogiano Filipin.


Sempre eles: Larry Taylor foi o cestinha do Mogi, com 16 pontos, e ainda somou seis rebotes e quatro assistências. Com grande atuação no último quarto, Tyrone deixou a quadra com 12 pontos (oito nos dez minutos finais), enquanto que Shamell contribuiu com 11 pontos e cinco rebotes.


Carta na manga: Outro atleta do Mogi a ter bom desempenho no jogo foi Wesley Sena. Vindo do banco de reservas, o pivô de apenas 21 anos teve ótimo aproveitamento nas bolas de dois pontos (6/9) e totalizou 12 pontos.


Bem que tentou: Do lado do Campo Mourão, o grande destaque ficou por conta do norte-americano Greg Brown. Comandando as ações ofensivas da equipe., o armador foi o cestinha do jogo, com 19 pontos, e ainda registrou um duplo-duplo ao apanhar dez rebotes. Também com quatro assistências e três bolas recuperadas, o jogador teve 25 pontos de eficiência.


Toque de experiência: Aos 41 anos, Márcio Dornelles fez uma boa partida  e foi importante para Campo Mourão se manter na cola do Mogi até o fim. Em 29 minutos em quadra, o jogador marcou 12 pontos.


E agora? O próximo compromisso do Mogi será fora de casa, contra o Banrisul/Caxias Basquete, na próxima quinta-feira (07/12), às 19 horas, com transmissão ao vivo do SporTV. Já o Campo Mourão segue no Estado de São Paulo e enfrentará o EC Pinheiros, nesta segunda-feira (04/12), às 19h30. (foto: Campo Mourão Basquete)

Fonte: LNB
Contato: [email protected]
VOLTAR
IMPRIMIR
ENVIAR
X
Meu Nome:
Meu E-mail:
Para:
E-mail:
Mensagem: